quinta-feira, 30 de abril de 2015

As pessoas deixam marcas

As pessoas passam por nossas vidas e temos a certeza de que cada uma delas nos deixam marcas; sinais que levamos por toda a vida. Algumas deixam mais, outras deixam menos, mas todas, sem exceções, deixam um pedacinho de si conosco.
É uma estrela cadente que despenca dentre as milhares do céu, que nos vislumbram traços, gestos, ombros amigos e uma boa piada no fim do dia. São pessoas que nascem e cruzam nossos caminhos, que, por mais imperfeitas, juntam-se aos nossos erros e causam todo um holocausto de emoções, sensações, o que é incapaz de ser definido a olho nu. Talvez porque os sentimentos não são vistos; são sentidos e apreciados apenas por aquele que os sentem. São pessoas que deitam ao nosso lado, que nos abraçam, que nos remetem a fatos e esperanças que levamos por toda a vida.
É um ramo de sentimento que nasce no coração, senão dizer na mente, o que transmite uma simples sensação de prazer e de necessidade; de querer estar sempre ao lado e nunca mais almejar a distância. É fundamental o ser humano ter a mania de sentir, de desejar, de sorrir, de compreender e de brincar mesmo nas horas que não precisar.
As guerras existem e temos a certeza de que elas serão amenas diante do sentimento que nasce, diante aos gestos cativantes e deliberadamente delirantes que nos tornam seres humanos, capazes de nos apaixonarmos e aprender a cada grande paixão.

Poderia elencar o quão grandioso é sentir... mas sentir não é algo quantitativo; é surreal, intrínseco ao ser, vivo em cada alma e subjetivo ao tom de cada pessoa.

Sentir... Sentir... Sentir... Inevitavelmente é o que nos resta diante a tantos danos no mundo, a tantos tormentos, a tantos erros, a tantas insanidades e perversidades, a tanta maldade...
Sentir... 

Sinta, sinta de novo, e mais uma vez... Quantas vezes forem necessário! Não se canse de sentir...
 Sinta!

A vida é tão curta para nos darmos a sentimentos negativos...

Pense...

Leia este texto ouvindo esta música... Aliás, o que está nestas palavras é reflexo de sensações que o autor sentiu ao ouvi-la!



2 comentários:

  1. Sentir....como tenho sentido essa dores do mundo. É bom ler algo que você têm tentado dizer ao mundo, precisamos sentir, porque assim não perderemos a nossa humanidade e não nos tornaremos algo oco.
    As pessoas nos deixam eternas marcas, que muitas vezes não queremos apagar, apenas sentir que está ali pra sempre.

    ResponderExcluir