quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Autodestruição

Chocalha 
Carniça dependurada
Mutação da vida degusta
A leiteira da enrugada
Senhora! Quero-quero a bicar
Teus seios a congelar
Mesmo que duros de pedra em forno
Quente! Manicure dos pés encravados
Cheia de dente
Canhados!
Fumaça dum charuto
Rançudo! Melhor não importunar
O planeta! Que já explodiu há
Tempos!
E sabe que ninguém percebeu.
A informação
Esvoaçou!
E [apenas] uma formiga notou!


Nenhum comentário:

Postar um comentário