domingo, 7 de dezembro de 2014

Quem disse que eu disse que isso é sandice?

Tipo isso, aquilo tudo
Aquilo que ninguém tem tipo isso
Não é tipo isso, nem aquilo
Muito menos aquilo e isso tudo

Num passo, beco passado
Passou nisso, aquilo e o beco
Depois num passo acelerado
O passado ficou no passo engasgado.


A aventura disso é aventurar naquilo
Num compasso, passou o beco escuro
No compasso da aventura, aquilo não mudou
E num passo passado daquilo, desenfreou.

É tipo isso, que eu disse agora há pouco
Num pouco aquilo que eu disse
Se eu dissesse diferente disso
Não teria graça nem sandice.


Nenhum comentário:

Postar um comentário