segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

As músicas que me marcaram em 2015!

Olá, pessoal! Andei um pouco sumido, mas tudo por conta de problemas pessoais e profissionais - me desculpem! Logo, novos textos e poemas pra vocês!

E, portanto, trago hoje uma lista das músicas que marcaram meu ano, o ano de 2015!, que cá entre nós, foi um ano da pesada, não é mesmo?!... Um ano cheio de altos e baixos; no meu caso, mais baixos que altos rs.

As músicas não são necessariamente lançamentos, mas aquelas que eu só ouvi este ano (ou que fizeram só sentido na minha vida neste ano) e que de uma maneira ou outra me marcaram. Muitas estão associadas às pessoas que passaram por minha vida, que me agitaram, que me fizeram chorar, sorrir, transcender, e por fim, me modificar e aprender. Aliás, as circunstâncias vão nos lapidando ao passar do tempo - se a gente se permitir, é claro!

1- Esta é uma música que me foi apresentada por uma pessoa muito gente boa, logo no começo desse ano, com quem eu deixei um exemplar do meu livro e que eu ainda nem sei se terminou de lê-lo. Enfim, chama-se All I Want - Kodaline  

Uma música com melodia suave, meio triste, que me fez ficar pensativo, revolvendo alguns dos meus sentimentos da 'época'. 

2- Logo em seguida, em um ritmo totalmente diferente, eu me apaixonei pelas músicas da cantora Sia, que fizeram parte de mim por um longo período. Essa 'época' eu estava 'despirocado' rs, digamos. Queria viver, sair com as pessoas, conhecê-las. Saindo de uma época negra da minha vida, de dúvida, passando a um momento de diversão e descontração. Muitas vezes ouvia Chandelier - Sia.

Sia - Chandelier (Official Video) - YouTube  (Acesse!)

3- Uma das melhores noites da minha vida, sexualmente falando rs, foi ao som de Nando Reis, mais especificamente com a música (antes desconhecida por mim) Luz dos Olhos. Uma que todo mundo precisa ouvir e apreciar. Obrigado a você que me proporcionou este momento maravilhoso.

Nando Reis e Andrea M- Luz dos Olhos - YouTube  (Acesse!)

4 - Quem disse que depois a gente não quer ser Amado? Sim, Amado, a música de Vanessa da Mata, que tanto ouvi de terceiros na minha adolescência me aflorou os sentimentos e trouxe sensações jamais sentidas. Uma música que ouço e me traz lembranças boas...

Vanessa Da Mata - Amado - YouTube (Acesse!)

5- A quem a carência não atinge, não é mesmo? Essa música foi a mais ouvida por mim quando eu estava em um transe de carência massacrável; dormiria até com os gatos que ficavam no muro da minha casa. I'm not the only one - Sam Smith! Sim, essa música me tirava lágrimas quando pensava na hipótese de não ter ninguém para dormir comigo nas noites frias do pré-inverno desse ano.

Sam Smith - I'm Not The Only One - YouTube (Acesso!)

6- Chega então a época em que eu me apaixonei, sem pensar duas vezes! Foi um intervalo bonito e complicado, mas que não poderia deixar de relatá-lo. Quando a paixão me pegou esse ano, eu fui apresentado à música de Nando Reis, All Star! Uma deliciosa canção do ruivinho mais lindo, um dos meus cantores prediletos! 

7- Ainda no momento de diversas sensações e envolvimento com outra pessoa, a música de Lord, Buzzcut Season, me contornou drasticamente na sua letra e me fez ainda mais contente quando esperava o meu aspirante. Ah! Não posso esquecer que quem me apresentou essa música (além de diversas outras, esse ano) foi um grande amigo meu, que se tornou especial; e que, aliás, moro com ele até hoje!

8- As festas dessa casa mais colorida do Brasil (a que eu moro) não seria a mesma, se não houvesse essas músicas, e eu não poderia deixar de cita-las: Let's have a Kiki e Iggy Azalea com Fancy. Foram músicas que me deram toda a alegria que eu precisei para viver, e que nos embargaram em momentos de festas! Let´s have a kiki! rs

Scissor Sisters - Let's Have A Kiki - Instructional Video - YouTube

Iggy Azalea - Fancy (Explicit) ft. Charli XCX - YouTube

9- Não poderia deixar de relatar o quanto eu gosto de cantar a música The Scientist, de Coldplay, que por mais que eu já tenha a ouvido e a cantarolado, esse ano eu a cantei junto com meu amigo ao som de um belo instrumento - violão. Adorei, migoo!!! 

10- Hey Nana, da Banda do Mar, me fez dançar descompassadamente e me tirou muitas vezes do marasmo.

Banda do Mar - Hey Nana - YouTube (Acesse!)

11. Apesar de ser uma música que me remete a uma fase de término na minha vida, Crer-Sendo, de Castello Branco, se tornou especial por me fazer refletir sobre o amor mais uma vez.
12- Do mesmo cantor que a anterior, Necessidade,  é uma música que me remete às férias de outubro, onde eu passei parte triste da minha vida amorosa, e a descontração por estar com a minha família.

13- Ainda na melancolia, A noite, de Tiê, uma música suave e bem tranquila, me fez companhia em noites e dias de lágrimas esse ano; mas que me revitalizou em outros (um transite de emoções).

14- Se eu corro, da Banda mais Bonita da Cidade, foi tema de uma cantoria maravilhosa em nossa casa, a Casa mais colorida do Brasil!, e que foi cantada por mim e por meu amigo no Show este ano desta banda. Adorei, migoo!

A Banda mais bonita da cidade- Se Eu Corro - YouTube (Acesse!)

15- Rubel, com sua música "Quando bate aquela saudade", me trouxe uma fervorosa revanche de emoções, que só foi se partir quando a música Zero, de Liniker, apareceu para alegrar meus dias e me fazer repensar em tudo que aconteceu!

Rubel - Quando Bate Aquela Saudade - YouTube (Acesse!)

E foram estas, pessoal, as músicas que mais me marcaram! Uma pena que muitas delas estão associadas a momentos tristes da minha vida neste ano; porém, sabemos que todos os momentos são necessários e eles servem apenas para uma coisa: aprendizado!


Se você conhece alguma dessas músicas e passou situações diferentes com elas, deixe suas experiências nos comentários, vou adorar saber! 

Obrigado por ler até aqui!



Um comentário:

  1. Como é bom ver músicas que eu adoro sendo conhecidas por novas pessoas! E como é bom conhecer músicas novas! Já vou incluir algumas na minha lista de 2016!

    ResponderExcluir