domingo, 6 de setembro de 2015

Ventos

Hoje os bambuzais balançam em ritmos desordenados

Gotas caem em força cinética e arrebentam

Sons de trovões ressoam a milhas

Uma catástrofe poderá acontecer

Hoje as folhas dulcícolas sobressaem sem rumo

Enterram-se à poeira que forma monges esculpidos

A natureza agita-se  em grunhidos

Uma catástrofe virá intercorrer.



2 comentários:

  1. AMEI o blog!
    Estou começando um agora, se quiser trocar ideias, pretendo postar muitos contos LGBTT.
    Bjão!

    http://solempeixes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naudiéri Alves! Fico feliz que tenha gostado! Entrarei em seu blog sim, e podemos nos falar sim!
      Bjo

      Excluir