sábado, 17 de janeiro de 2015

pOr QuE eScrevO pRA miNoRIa???

Sempre me enxerguei na luta pelo público menos privilegiado, talvez pelo fato de eu pertencer a ele, mas não é só isso, ou melhor, tem uma outra causa. Escrevo para homossexuais porque sei que a literatura sobre o assunto é escassa, assim como, em diversos meios de telecomunicações. As pessoas sentem medo (o que é um absurdo!) de falarem sobre gays, lésbicas, transsexuais, travestis, bissexuais, entre tantas outras orientações e expressões das relações humanas, as quais tornam este mundo cada vez mais bonito e diverso (e cheio de purpurina, é claro! rsrs).
Assim como escrevo para este público, também dou-me às pessoas que possuem algum "problema" que não vemos na maioria, como por exemplo, as síndromes. A Síndrome de Down é uma delas, que mais vemos por aí. Portanto, acho muito interessante escrever sobre, relatar nos meus romances pessoas que a possuem, tentando quebrar a imagem ridícula que alguns têm ao dizerem que tais indivíduos NUNCA poderão ser felizes ou amarão alguém. No entanto, digo: SIM! Elas podem amar como qualquer um de nós (e são extremamente cativantes e sensíveis).
Assim como escrevo para este público, também costumo relatar personagens negros, índios, dar valor à cultura brasileira que, apesar de miscigenada, é bela e merece muito respeito.
Portanto, escrevo para as minorias! E se alguém não gostar... Simples! Não leia!



Lembre-se: SOMOS SERES HUMANOS = RACIONALIDADE = CASCATA DE EMOÇÕES E SENTIMENTOS AO PRÓXIMO (HOMEM E/OU MULHER) = IGUALDADE!

RESPEITE A MINORIA! #respeiteasamigxss

Abaixo está o BOOKTRAILLER do meu livro que está a venda tanto no CLUBE DE AUTORES (LIVRO FÍSICO) ou na SARAIVA (LIVRO DIGITAL - PDF). Este, aliás, está bem mais barato!
Mas, como sempre digo: Somos seres em construção, portanto, este meu 1º livro foi apenas um aperitivo para outros que virão e serão melhores na abordagem do tema!

video


Sinopse do livro logo abaixo:

Após a perda dos pais, Augusto, um rapaz também conhecido como Guto, teve que aprender a viver sozinho com sua timidez em uma casa no pico de uma colina cercada por uma plantação de goiabeiras (típico fruto brasileiro), onde muitos acontecimentos importantes ocorrem. A solidão e a melancolia são sentimentos envolvidos em grande parte da história; mas, a felicidade tem sua vez em muitos dos capítulos deste livro.


A timidez de Guto é quebrada aos poucos, pois um grande amor pelo enigmático Pedro, homem alto, forte, bonito, educado e atraente, o faz perceber que a vida é feita para ser intensa.

Nesta aventura, mágoas surgem, pois Alice, a única amiga de Augusto, tem por ele um sentimento muito forte: amor. Porém, ao saber que ele é gay, sua personalidade muda totalmente, passando de uma boa moça a uma maquiavélica mulher, capaz de cometer loucuras pelo homem que ela jamais teria.

Entre as goiabeiras é uma história que abrange a homossexualidade, os crimes homofóbicos, o amor não correspondido, como também, o fato de que a homossexualidade é inata e imutável, em que apenas o amor será capaz de transformações incríveis.



Para quem se interessou clique neste link e será direcionado a uma página com os 2 primeiros capítulos do livro. Boa leitura!





Espero que goste!



Obrigado por ler até aqui!


2 comentários:

  1. Gosto de pessoas como você, que não tem medo de escrever e falar ao mundo o que pensa, sente, quer. Continue a escrever, leitores como eu estão sempre aqui. Faça a diferença! Grande abraço moço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Linda!!! Obrigado, Luna, fico imensamente feliz de ter seu apoio, e de ter te conhecido! bjo grande

      Excluir